Ouça agora na Rádio

N Notícia

Autorizado início das obras de recuperação ambiental da Beira-Mar Norte em Florianópolis

FOTO: James Tavares/Secom

Autorizado início das obras de recuperação ambiental da Beira-Mar Norte em Florianópolis

Para garantir qualidade de vida e proteção ao meio ambiente, começou nesta quinta-feira, 15, uma obra muito esperada em Florianópolis: a recuperação ambiental da Beira-Mar Norte. O governador Eduardo Pinho Moreira, acompanhado do presidente da Casan, Valter José Gallina, e do prefeito Gean Loureiro, autorizou o início da obra, que prevê o controle dos efluentes conduzidos pela rede de drenagem (que coleta a água das chuvas) em 3,5 quilômetros de praia, da Ponte Hercílio Luz à Ponta do Coral. A obra, que tem previsão de término em oito meses, terá investimento de R$ 17 milhões do Governo do Estado, por meio da Casan.

“É uma técnica moderna e inovadora já usada em outros países. A obra gera uma grande expectativa, e eu serei mais um fiscalizador da efetividade desta ação. Os estudos técnicos apresentados são revolucionários. Esperamos que, ainda neste ano, a recuperação ambiental deste, que é um dos lugares mais bonitos do Brasil, seja entregue à população”, explicou o governador.

Água contaminada

O plano de trabalho contempla a instalação de uma Unidade Complementar de Recuperação Ambiental (URA) junto à Estação Elevatória da Casan na Avenida Beira-Mar (área conhecida como Bolsão da Casan). A URA vai tratar a água contaminada da rede de drenagem e lançar ao mar efluentes livres de coliformes fecais. O equipamento terá capacidade de tratar até 13 milhões de litros por dia.

Serão 15 pequenas estações conduzindo a mistura de chuva com esgoto até a URA Beira-Mar. O presidente da Casan, Valter Gallina, disse que o projeto consolida os investimentos da empresa de saneamento na saúde e na qualidade de vida da Capital catarinense. “Estamos investindo mais de R$ 400 milhões em rede de esgoto na cidade. Já solucionamos o problema da falta de água e, agora, vamos devolver à população esta que é uma das áreas mais nobres. Os técnicos da Casan tiveram que buscar capacitação e consultoria internacional e farão uma obra parecida com a que foi feita na praia de Santa Monica, na Califórnia, e que é exemplo para todo o mundo”, explicou.

Já o prefeito afirma que muitos não acreditavam que a recuperação ambiental da Beira-Mar Norte fosse possível. "Agora temos tecnologia, projeto definido, recursos e acompanhamento técnico. Isto traz uma nova perspectiva para Florianópolis, com mais pessoas usufruindo a Beira-Mar e com novas opções para eventos culturais, esportivos e até para uma futura marina na cidade”, destacou o prefeito.

Confira na Íntegra Notícia Completa

Elisabety Borghelotti 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom

FONTE: Governo do Estado de Santa Catarina
Link Notícia

Peça sua Música

Previsão do Tempo