Ouça agora na Rádio

N Notícia

Juventus abre dois gols, mas Tottenham arranca empate no jogo de ida, em Turim

FOTO: AFP

Juventus abre dois gols, mas Tottenham arranca empate no jogo de ida, em Turim

Higuaín marca duas vezes, perde pênalti, e Buffon falha em lance do empate

Todas as informações compartilhadas Superesportes

Juventus e Tottenham protagonizaram um jogaço na noite dessa terça-feira, em Turim, na casa da equipe italiana, pelo primeiro confronto das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. A Velha Senhora chegou a empolgar seu torcedor com um início avassalador em que abriu dois gols de vantagem em menos de dez minutos de disputa, mas no fim o sabor de satisfação ficou com os ingleses, que não se intimidaram e arrancaram um empate por 2 a 2.

O resultado força a Juventus a vencer os Spurs dia 7 de março, em Wembley. Os empates por 0 a 0 e 1 a 1 garantem vaga ao Tottenham, que só não pode pensar em empates de 3 a 3 adiante. A repetição do placar do jogo de ida leva a definição à prorrogação.

Finalista de duas das últimas três edições da principal competição futebolística da Europa, a Juventus adotou a estratégia formar uma verdadeira blitz para cima do adversário assim que soou o apito inicial do árbitro. E deu certo.

Com apenas um minuto, em cobrança de falta muito bem ensaiada, Pjanic ergueu a bola para Higuaín. Livre, o centroavante argentino virou batendo de primeira e abriu o placar, para delírio dos fanáticos torcedores italianos.

Apenas sete minutos depois, a Juve chegou de novo, e dessa vez conseguiu um pênalti, que Higuaín não desperdiçou, apesar do goleiro Lloris ter tocado na bola.

Certamente o Tottenham, que vivia ali seu segundo momento na história em uma oitavas de final de Liga dos Campeões, não esperava levar dois gols logo de cara. Mesmo assim, a equipe comandada por Mauricio Pochettino não se deixou abater e colocou a bola no chão.

Dessa forma, os ingleses assustaram pelo menos em três oportunidades. Em todas elas, o veterano goleiro Buffon teve de entrar em ação para salvar a Juventus, que já na base do contra-ataque, teve uma grande oportunidade de marcar o terceiro, mas dessa vez Higuaín mandou para fora chute frontal de dentro da área.

A lamentação do atacante argentino só aumentou cinco minutos depois, quando Harry Kane saiu cara a cara com Buffon, driblou o arqueiro e tocou para o gol vazio, diminuindo o prejuízo dos visitantes ainda antes do intervalo.

A reação do Tottenham poderia ter ido por água abaixo no último lance da primeira etapa. O atacante brasileiro resolveu fazer fila, ganhou da marcação na corrida e só foi parado na base da porrada, já dentro da área. Higuaín de novo chegou a responsabilidade, mas acabou carimbando o travessão.

No fim das contas, ficou tudo de bom tamanho para os Spurs, que terminaram a primeira etapa com 68% de posse de bola. O panorama da etapa final seguiu essa mesma tocada, com a diferença de que Juventus não conseguiu, nem mesmo nos minutos iniciais, exercer qualquer pressão sobre os visitantes.

Aos poucos, os ingleses foram se encorajando e encurralando o time da Juve em seu campo de defesa com uma marcação alta. Com exceção a um contra-ataque ou outro, ou lances de bola parada, principalmente nos escanteios, os donos da casa não conseguiu criar grandes oportunidades de gol.

De tanto pressionar e buscar o resultado, o Tottenham acabou premiado aos 26 minutos. Em cobrança de falta na altura da meia-lua, Christian Eriksen surpreendeu Buffon com uma batida rasteira, no canto onde estava o goleiro, que ia saindo e não conseguiu impedir a passagem da bola no seu contrapé.

Nos minutos finais, ainda deu tempo para Lucas Moura fazer sua estreia com a camisa do Tottenham na Liga dos Campeões, mas o jogo caiu de ritmo diante do interesse dos visitantes em levar o empate para casa e da falta de energia da Juventus para reiniciar uma tentativa de vitória depois da frustração e ver sua vantagem de dois gols cair por terra.

Dessa forma, Juventus e Tottenham encerraram essa primeira etapa do confronto das oitavas de final com um empate por 2 a 2 e deixaram muita expectativa para o que pode acontecer em Wembley, dia 7 de março, na partida de volta.

JUVENTUS  2 X 2 TOTTENHAM


JUVENTUS:
Buffon; De Sciglio, Benatia, Chiellini, Alex Sandro; Khedira (Bentancur), Pjanic, Bernardeschi; Douglas Costa (Asamoah), Higuaín, Mandzukic (Sturaro). Técnico: Massimiliano Allegri

TOTTENHAM: Hugo Lloris, Serge Aurier, Davinson Sanchez, Jan Vertonghen, Ben Davies; Eric Dier, Mousa Dembélé, Christian Eriksen (Wanyama) e Dele Alli (Son); Lamela (Lucas Moura) e Harry Kane. Técnico: Mauricio Pochettino

Cartões amarelos: Benatia, Higuaín, Bentancur (Juv); Aurier, Davies (Tot)

GOLS: Juventus: Higuaín, com 1 minuto e aos 8 do 1T; Tottenham: Harry Kane, aos 34 minutos do 1T, e Eriksen, aos 26 minutos do 2T


Local:
Allianz Stadium, em Turim (Itália)
Data: 13 de fevereiro de 2018, terça-feira
Horário: 17h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Felix Brych (ALE)
Assistentes: Mark Borsch (ALE) e Stefan Lupp (ALE)

FONTE: SUPER ESPORTES / Gazeta Press
Link Notícia

Peça sua Música

Previsão do Tempo