Ouça agora na Rádio

N Notícia

'Petro venezuelano está condenado a fracassar'

FOTO: © REUTERS/ Ueslei Marcelino

'Petro venezuelano está condenado a fracassar'

O projeto venezuelano da criptomoeda, o petro, está condenado ao fracasso, declarou à Sputnik Mundo diretor-executivo da organização não lucrativa Bitcoin Foundation, LLew Claasen.

Todas as informações compartilhadas Sputnik Brasil

"Se analisarmos especificamente no caso da criptomoeda venezuelana, o petro, acredito que este projeto está condenado a fracassar. Não acredito que incapacidade do governo para criar uma economia estável de preços e gestão financeira sólida vá mudar pelo mero fato de emitir uma moeda baseada em cadeia de blocos", disse à Sputnik Mundo Claasen.

O especialista acrescentou também que tal sistema exige confiança e estabilidade, mais não se pode confiar na capacidade do governo venezuelano de implementar políticas ou políticas monetárias responsáveis.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima que a inflação na Venezuela no ano passado tenha superado 2.400% e que possa vir a atingir mais de 13.000% em 2018, segundo destaca Alejandro Werner, diretor do Departamento para o Hemisfério Ocidental do FMI.

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou, no início de dezembro passado que a Venezuela lançará uma criptomoneda própria, o petro, que será apoiada pelas reservas nacionais de petróleo, gás e diamantes e que pode ajudá-lo a escapar das sanções financeiras impostas pelos Estados Unidos.

De acordo com o líder venezuelano, o petro será avaliado em 5 bilhões de barris de petróleo certificados da Faixa Petrolífera do Orinoco, o que equivale a 267 bilhões de dólares (R$ 845 bilhões) que apoiarão a primeira emissão.

 

FONTE: SPUTNIK BRASIL
Link Notícia

Peça sua Música

Previsão do Tempo