Ouça agora na Rádio

N Notícia

Após tropeço do Manchester United, José Mourinho compara orçamento com rival City

FOTO: © Divulgação/Wikimedia Commons

Após tropeço do Manchester United, José Mourinho compara orçamento com rival City

Citizens gastaram cerca de 60% a mais que os Red Devils na última janela

Todas as informações compartilhadas Superesportes

O empate por 2 a 2 contra o Burnley, nesta terça-feira, na rodada tradicional de rodada de “Boxing Day” do Campeonato Inglês, fez com que o Manchester United não conseguisse diminuir a vantagem para o líder e rival City e de quebra viu o Chelsea encostar na vice-liderança. Após o jogo, José Mourinho relembrou a diferença de orçamento entre o time de Guardiola e o restante.

“Aqui estamos no segundo ano da reconstrução de um plantel que, todos sabem, não era nem é um dos melhores do mundo. O Manchester City compra laterais pelo preço de um atacante. Os meus jogadores estão dando o melhor. Nesses últimos dois jogos tivemos 15 oportunidades de gol e demos três gols ridículos”, afirmou Mourinho à BBC.

Apesar de não ter desembolsado tanto dinheiro quanto os Citzens, o United não economizou em compras na atual temporada. Foram gastos mais de R$ 500 milhões em reforços, sendo que cerca de R$ 320 milhões só na contratação do atacante belga Romelu Lukaku.

O Manchester City foi o clube que mais gastou em reforços na Premier League. Com investimento aproximado de R$ 870 milhões na contratação de novos jogadores. Os Red Devils vêm na segunda colocação nesse quesito.

Os comandados de José Mourinho voltam à campo no próximo sábado contra o Southampton, no estádio Old Trafford e vão tentar retomar o caminho das vitórias, após dois empates consecutivos.

FONTE: SUPER ESPORTES / Gazeta Press
Link Notícia

Peça sua Música

Previsão do Tempo