Ouça agora na Rádio

N Notícia

Johnson mostra vontade de voltar ao cage do UFC para encarar Jones: 'Pelo preço certo'

FOTO: © Reprodução/Youtube

Johnson mostra vontade de voltar ao cage do UFC para encarar Jones: 'Pelo preço certo'

Rumble diz que não resistiria a uma boa oferta e confia que pode nocautear

A vitória de Jon Jones sobre Daniel Cormier na disputa pelo cinturão dos meio-pesados, no UFC 214, no fim de semana passado, reascendeu a vontade de lutar de Anthony Johnson. Finalizado por ‘DC’ duas vezes em lutas pelo título da categoria, ‘Rumble', atualmente aposentado, demonstrou desejo de desafiar ‘Bones’ e o alertou sobre as brechas demonstradas na última apresentação. Todas as informações são do site SUPER SPORTES, acesse!

“Teria que ser algo atrativo financeiramente, pois há muita coisa acontecendo neste momento. Se eu voltasse, seria somente para enfrentar a lenda Jon Jones. Eu derrotei praticamente todos os caras da divisão, exceto Daniel e Jon Jones. Jon levou alguns bons golpes de Daniel. Eu sei que ele estaria no chão se fossem os meus socos”,  comentou o norte-americano, em entrevista ao programa The MMA Hour, do site MMA Fighting

Johnson também exaltou Jones, que recuperou o título depois de fase conturbada na carreira, e apontou grande interesse do público no duelo. Eles tiveram confronto marcado no UFC 187, em maio de 2015, e chegaram a protagonizaram encarada descontraída em evento promocional (veja o vídeo abaixo). No entanto, pouco tempo depois,'Bones' acabou destituído pelo Ultimate por cometer crime de trânsito, e Cormier ganhou a chance de encarar 'Rumble' pelo cinturão vago. 

”Jon Jones é um lutador incrível. Eu tenho muito respeito por ele. No fim das contas, são negócios. Se o UFC chegar a mim com alguma coisa, eu não vou conseguir resistir e vou fazer isso acontecer. Tem que ser o preço certo”, ressaltou. 

Anthony Johnson, de 33 anos, anunciou aposentadoria aos 33 anos, logo depois da segunda derrota para Daniel Cormier, no UFC 210, em abril. Nocauteador implacável, ‘Rumble’ encerrou a carreira com cartel de 22 vitórias em 28 apresentações. Ao todo, foram 16 nocautes. Já Jones tem 23 vitórias e somente uma derrota – por desclassificação. De volta ao posto de campeão, ‘Bones’ é o recordista em defesas de cinturão da categoria, com oito triunfos. 

FONTE: SUPER SPORTES
Link Notícia

Peça sua Música

Previsão do Tempo