Ouça agora na Rádio

N Notícia

Dieta do metabolismo rápido: como fazer, cardápio e benefícios

FOTO: CC0 Public Domain/pixabay

Dieta do metabolismo rápido: como fazer, cardápio e benefícios

A dieta já emagreceu celebridades, atletas e pessoas com doenças crônicas

A Dieta do Metabolismo Rápido, também conhecida por dieta metabólica, foi elaborada pelas nutricionistas das celebridades Haylie Pamroy e Eve Adamson. Todas as informações são do site MINHA VIDA.

 Na dieta não se conta calorias ou gordura. Sua teoria baseia-se variar o que a pessoa come ao longo de cada semana, de acordo com um plano alimentar projetado para induzir mudanças fisiológicas que promete levantar o metabolismo. A pessoa poderá comer em boa quantidade e ainda perder peso.

Como funciona a Dieta do Metabolismo Rápido

Na dieta do metabolismo rápido, a pessoa deve variar o que come ao longo de cada semana de acordo com um planejamento alimentar de 4 semanas, sendo que cada semana é dividida em três fases:

 
  • Fase 1 (segunda e terça-feira): Alimentação exclusiva de carboidratos e frutas
  • Fase 2 (quarta e quinta-feira): Alimentação exclusiva de proteínas e vegetais
  • Fase 3 (sexta, sábado e domingo): Alimentação exclusiva de carboidratos, proteínas, vegetais, gorduras e óleos saudáveis.

Rotina de exercícios

  • Fase 1: Faça pelo menos um dia de cardio vigoroso
  • Exercícios aeróbicos
  • Fase 2: Faça pelo menos um dia de treinamento de força com pesos
  • Fase 3: Faça pelo menos um dia de atividade que reduz o estresse, como ioga, respiração profunda ou massagem.
 

Exemplo de cardápio para Dieta do Metabolismo Rápido

  Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Domingo
Café da manhã Fruta com aveia Fruta com aveia Ovo mexido Espinafre e cogumelo refogado Tapioca com pasta de amendoim Omelete de espinafre, Pêssego e 1 fatia de pão sem glúten Torrada sem glúten e ovo mexido
Lanche Pera com canela Frutas vermelhas Almondegas assadas Salada com salmão grelhado Leite de coco batido com frutas vermelhas Homus com cenoura em palitos Amêndoas
Almoço Frango grelhado com molho de mostarda e Maçã Batata doce, brócolis, quinoa e 5 morangos Salada, Frango grelhado com molho de limão Salada, Frango grelhado com molho de cogumelos Salada, Bife acebolado Salada, Hambúrguer de frango Salada, Peixe com amêndoas
Lanche Laranja Abacaxi Salada com atum Ovo de codorna Gaucamole e pepino Castanha do pará Homus com palitos de pepino
Jantar Mandioca, brócolis e quinoa Fusili de arroz integral com molho a bolonhesa Filé de linguado grelhado e couve refogada Salada de hambúrguer caseiro e vagem no vapor Salada, Frango em cubos com abobrinha e cenoura. Quinoa Salada, salmão empanado no gergelim, abacate picado com tomate, limão e salsinha. Salada, Berinjela recheada com carne moída e arroz negro.

 

Regras da Dieta do Metabolismo Rápido

  • Comer 5 vezes ao dia. 3 refeições e 2 lanches por dia
  • Comer a cada 4 horas
  • Comer ao acordar (dentro de 30 minutos), todos os dias
  • Ficar no plano dos 28 dias completos
  • Manter as fases religiosamente
  • Comer somente os alimentos da lista de alimentos para sua fase
  • Seguir as fases em ordem
  • Beber muita água todos os dias
  • Comer orgânicos sempre que possível
  • Escolher carnes sem nitrato
  • Se exercitar 3 vezes por semana, de acordo com sua fase.

Alimentos proibidos

  • Trigo (exceto na forma germinada)
  • Milho
  • Produtos lácteos
  • Soja
  • Açúcar refinado
  • Cafeína
  • Álcool
  • Frutos secos ou sucos de frutas
  • Corantes artificiais
  • Gordura.

Benefícios da Dieta do Metabolismo Rápido

Segundo os autores, os benefícios são que cada fase se concentra em diferentes alimentos inteiros e saudáveis. Esse processo irá:

Ajuda no emagrecimento; Acalma as glândulas adrenais; Alimenta a tireóide para que ela possa produzir os hormônios T3 e T4, envolvidos no metabolismo rápido; Ajuda a regular o cortisol.

 
 Ao manter o metabolismo tentando adivinhar o que será consumido, a pessoa irá fazê-lo funcionar mais rápido.

Este programa apresenta resultados bem-sucedidos por Haylie Pomroy. A nutricionista trabalhou com celebridades, atletas e pessoas com doenças crônicas que precisavam perder peso.

O que você deve saber antes de fazer a Dieta

Ao iniciar uma nova dieta, o ideal é contar com a avaliação de nutricionistas ou nutrólogos, para que haja equilíbrio nutricional e emagrecimento sem prejuízos à saúde.

Embora seja dito que a pessoa comerá em maiores quantidades, o cardápio é pouco calórico. Por isso, varie o máximo possível nos alimentos consumidos e pare imediatamente se estiver se sentindo fraco.

Além disso, esta dieta não é aconselhável para pessoas com patologias como diabetes, doença renal e problema no fígado.

FONTE: MINHA VIDA
Link Notícia

Peça sua Música

Previsão do Tempo