Ouça agora na Rádio

N Notícia

CC0 / Pixabay

FOTO: CC0 / Pixabay

Não estamos sozinhos: astrônomos buscam vestígios de vida na Via Láctea

Atualmente os astrônomos do projeto Breakthrough Listen tentam encontrar sinais de vida inteligente ao observar simultaneamente milhões de estrelas que se localizam dentro da nossa galáxia.

Informações compartilhadas Sputnik Brasil

"Agora temos uma oportunidade de 'peneirar' um grande número de dados e buscar vestígios de civilizações extraterrestres. Esperamos que sejamos capaz de provar que nosso planeta Terra não é o único mundo na Via Láctea que abriga vida inteligente", declarou o chefe do projeto, Danny Price.

O projeto Breakthrough Listen é uma iniciativa científica apoiada pelo fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, pelo falecido físico britânico, Stephen Hawking, e pelo milionário russo Yuri Milner. Estima-se que o projeto gaste US$ 100 milhões (R$ 315,3 milhões) para sua realização.

Desde a abertura do projeto em 2015, ao observar mais de 700 estrelas seus pesquisadores têm conseguido detectar 15 sinais provenientes de uma galáxia anã que provavelmente pertencem a extraterrestres. No entanto, eles não podem confirmar tais informações.

Entretanto, essa incerteza não afetou sua afirmação e agora eles continuam o projeto em magnitude até mesmo maior. Isso se tornou possível principalmente graças à modernização do telescópio Parkes, que agora é capaz de gravar sinais de rádio que provêm de milhões de corpos celestes simultaneamente e também distingui-los.

No total, o Observatório de Parkes planeja passar 1.500 horas observando várias estrelas. Na sequência dessa atividade, astrônomos esperam coletar um enorme número de dados que poderiam conter vestígios de outras civilizações inteligentes.

FONTE: SPUTNIK BRASIL
Link Notícia

Peça sua Música

Previsão do Tempo